Procon divulga lista com 200 sites de vendas que o consumidor deve evitar

Procon divulga lista com 200 sites de vendas que o consumidor deve evitar


Mercado online
O Procon-SP (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor) divulgou nesta quarta-feira (28) a 'lista negra' com os nomes de 200 sites de comércio eletrônico que devem ser evitados pelo consumidor. O relatório não registrou nenhuma loja virtual grande como Submarino ou Extra.
Os nomes, organizados em ordem alfabética, que aparecem no documento foram selecionados com base nas reclamações de consumidores recebidas pelo órgão. Entre as principais queixas estão a falta de entrega do produto adquirido e dificuldades para se obter respostas para as reclamações através dos canais de contato dos sites.
Segundo o Procon, as páginas listadas não foram encontradas em nenhum registro da Junta Comercial, da Receita Federal e no Registro BR, órgão responsável pelo registro dos domínios de internet no Brasil. Esta situação impossibilita a resolução de alguns problemas e reclamações de consumidores.
Compras online
As páginas listadas não tiveram seus registros comerciais localizados
Além disso, o órgão afirma que a proliferação desse tipo de página de vendas deve receber uma atenção maior das autoridades e agências reguladoras, visando evitar que novos clientes sejam lesados. Outra dica do Procon é que os consumidores sempre consultem esta lista antes de concluir uma compra online.

Compartilhar no Google Plus

Autor Igor Master

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo no html
    Blogger Comentarios

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial