“Saudade só existe na língua portuguesa”. Será?

“Saudade só existe na língua portuguesa”. Será?

 
Opa, e aí, corujas?
Quem aí nunca ouviu falar que “saudade é uma palavra que só existe no português”? Sim, desde sempre aprendemos que a palavra “saudade” é como se fosse uma espécie de trofeu exibido mundo afora por brasileiros e – principalmente – portugueses, que adoram traduzir a palavra para alguma variante quando conversam com um estrangeiro. Mas será que é verdade que “saudade” não tem tradução para nenhum outro idioma?
Bom, é fato que “saudade” é considerada uma das 7 palavras mais difíceis de se traduzir no mundo. Mas ela não é exclusiva da língua portuguesa. Entre outros idiomas, ela existe no alemão, por exemplo. A palavra “sehnsucht” (é, a mesma palavra do título do álbum do Rammstein), entre outros significados, tem o mesmo sentido da nossa quase-exclusiva saudade. Se buscarmos no polonês, também vamos encontrar outra palavra com o sentido exatamente igual: tesknota.
O que acontece é que muitas palavras, de acordo com o país, a cultura e uma série de variáveis, podem mudar completamente de significado, ou adquirir mais de um significado diferente (o português é cheio disso).  Retomando o exemplo de saudade em alemão (e sou obrigado a ter de explicar algumas regras da complicadíssima gramática alemã… Sorry!), aqui usamos a palavra num sentido nem sempre parecido com a Alemanha. Aqui dizemos “Antônio sente saudades da família”, e na Alemanha se diz “Antonio hat Sehnsucht nach seine Familie”. Até aí tudo igual, saudade e sehnsucht. Mas no Brasil podemos terminar uma carta ou um email dizendo “saudades, Maria”, e na Alemanha nunca se encerra uma carta dizendo “Sehnsucht, Maria”. Lá, a palavra precisa de um contexto, não pode ser usada de forma solta como é usada aqui. Lá eles encerrariam uma carta dizendo “Ich vermisse dich, Maria” (“sinto sua falta”). Sem contar que os alemães tem ainda a palavra “das heimweh”, “saudades de casa”. Complicado, né?
Resumindo, nada contra o uso poético de “saudade” como uma palavra quase exclusiva nossa. Mas não dá pra dizer que não tem tradução em nenhum outro idioma. Até porque saudade é um sentimento humano, independente de esse humano ser brasileiro, português, do Tadjiquistão ou de qualquer lugar.
É isso! Até a próxima, povo!
Compartilhar no Google Plus

Autor Igor Master

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo no html
    Blogger Comentarios

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial